segunda-feira, 18 de maio de 2015

quadril no chão
a dor só vem amanhã
o hematoma só vem amanhã
o vazio já vem de manhã
mão na nuca
não a mesma de ontem
nem a mão
nem a nuca
nem o gosto
nem a cama
nem a voz
nem o cheiro
muito menos o cheiro
mudou tudo
(me) mudei também

Nenhum comentário:

Postar um comentário