terça-feira, 30 de setembro de 2014

Fechou os olhos.
Não era hora de dormir,
Sua mãe dizia.
Fechou os olhos,
Descobriu que o peso
Não era sono.
Viu ele, o peso, desaguar
E deixou escorrer,
Até dormir.
Sonhou com monstros
Destruindo tudo
Pisando em tudo
Como se o tudo
Fosse nada.
Acordou.
Achou que o sonho tivesse acabado.
Ao invés disso
Viu o monstro,
Pisando em tudo,
Enquanto dizia
Que não era hora de dormir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário