domingo, 15 de julho de 2012

Paródia da Vida

O tempo passou.
[E olha que às vezes ele não passa.]
O tempo mudou.
[E mesmo assim eu sinto frio.]
As cores desbotaram.
[E tudo ficou assim, meio cinza.]
As discos arranharam.
[E eu continuo os escutando.]
Eu já li todos os livros que eu tinha.
[E todo o resto parece ruim.]
Amanheceu.
[E eu ainda não dormi.]
De novo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário