terça-feira, 26 de junho de 2012

Você... Você esteve esperando. Não esteve? Eu não acharia isso de qualquer um, mas de você... De você sim. Agora é que eu percebi. Eu te fiz esperar. Não era minha intenção. E que burra eu, perceber isso só agora. Eu te fiz esperar, não é? E não cumpri minha palavra. De novo. Eu não achei que nada disso pudesse acontecer. Maldita hora em que achei que pudesse voltar no tempo. Você... Você esteve esperando! E eu só percebi agora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário