quinta-feira, 21 de junho de 2012

Eu sumi.
Sumi de tudo.
Sumi de todos.
Sumi pra quem quisesse me achar,
Mesmo que não devesse.
Sumi pra tudo que me exigia força.
Força que eu perdi faz tempo.
Sumi pro que eu gostava.
Desisti de fracassar.
Me limito a não tentar.
Sumi de tanta coisa,
Que eu nem me lembro mais.
Eu fechei os olhos,
E preferi sumir.
Preferi desaparecer.
Preferi ser esquecida.
Preferi esquecer.
Preferi não falar,
Com medo de não parar.
Preferi não me abrir,
Com medo de que o pouco que
Ainda guardo aqui fuja.
Preferi deixar de ser eu.
Já que fui eu a culpada de tudo.
Sempre.
Eu sumi de tanta coisa,
Que se algum dia, eu quiser me achar,
Não vou conseguir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário