sexta-feira, 13 de abril de 2012

Uma vez me disseram uma coisa interessante. No momento foi cruel demais, pela situação, situação que não vem ao caso. Essa frase me marcou mais do que deveria, eu acho, já que hoje a pessoa nem faz mais parte da minha vida, e eu prefiro assim. Voltando à frase, se eu bem me lembro, as palavras eram exatamente essas "Não se dê tanta importância. O mundo não gira em torno de você." Já falei sobre, ou citei ela aqui. Bom, isso não me foi dito como um conselho amigável, eu senti raiva nisso, senti desprezo, me machucou de verdade. Mas me ensinou muito. Ou não. É sobre isso que vim falar. Acho que eu deveria ter aprendido mais com ela. Eu deveria ter feito dela meu lema enquanto ainda tinha tempo. Por mais que hoje ela me venha à cabeça em muitos momentos, eu não tenho o controle de me livrar de coisas que não sei se são direcionadas à mim. Tenho a péssima mania de me sentir alvo de tudo que não tem destinatário, ou de distorcer olhares, palavras, e fazer tempestade em copo d'agua. Me preocupo demais com coisas que nem sempre são necessárias, e isso me corrói. Me limito a observar de longe, fingir que não vi, mas mesmo assim é algo que me afeta. Um dia me livro completamente disso, do contrário, vou continuar fugindo de tudo que me assusta.

E aos leitores, um conselho amigável: Não se dêem tanta importância. O mundo não gira em torno de vocês. Não se vejam onde não existem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário