segunda-feira, 4 de julho de 2011

-

Ah menina, já te fiz sorrir tanto. Vi seus olhos se encherem de alegria por tão pouco. E esses seus olhos transmitiam um calor imensurável. Suas mãos eram quentes como brasa. Ah garota, quem te viu defender algo, por menor que fosse, não te reconhece hoje. Diz pra mim, quem te fez isso? Quem roubou o brilho dos teus olhos, os transformando em dois buracos vazios? Quem transformou teu coração em pedra e levou o calor da tua pele? Diz pra mim, meu anjo, quem foi que te tirou as forças? Me fala quem te fez 'Dialética'. Me fala quem levou tua alegria! Me diz... Cadê minha menina, que foi embora levando embora todo o meu viver.


Nenhum comentário:

Postar um comentário