quinta-feira, 7 de abril de 2011

Só sei que nada sei

Às vezes parece que o mundo vai mais rápido do que posso acompanhar, e o fato de eu estar completamente fora de órbita me deixa mal, cada vez com menos vontade de mudar alguma coisa. As coisas tem sido apenas consequências, nada acontece porque eu planejei. Tem sido tão raro o sentimento de dever cumprido. Me sinto tão sozinha. Me sinto tão... só eu.


Nenhum comentário:

Postar um comentário