segunda-feira, 25 de abril de 2011

Minha melhor parte,

Foi embora, de novo. Eu me senti despedaçar com o ronco do motor do ônibus ligado. Senti meu mundo desmoronar mais uma vez ao ver ele sair da plataforma, lentamente. Eu sei, você vai voltar, mas é que até lá minha felicidade vai depender de paliativos que só me destroem. Felicidade a curto prazo só me deixa pior. Não quero mais visitas, quero uma vida. Quero sim, te ver indo embora, mas te ver amanhã, e depois, e depois. Não acho que estou pedindo nada demais. Não tenho culpa de ter achado minhas forças pra viver tão longe. Me diz, é pedir muito, querer ser feliz?

Nenhum comentário:

Postar um comentário