domingo, 13 de fevereiro de 2011

Meu Pequeno Príncipe

Minha pequena criança, deixa-me envolver em seus sonhos mais absurdos, em seus amores mais ocultos. Deixa-me te fazer algo que lhe agrade, que lhe faça feliz. Deixa-me deitar-te em meu colo, e curar teu pranto. Deixa-me sorrir de forma boba, por ter tido você. Deixa-me te explicar todas as belezas desse mundo. Deixa-me te protejer de todo o mal que pode te atingir. Deixa-me tentar te entender, e nunca conseguir por completo. Deixa-me sem saber de ondes vem, só sabendo para ondes vai, e com quem vai. Deixa-me curar tua melancolia. Deixa-me ver um pôr do sol contigo, mas só por felicidade. Deixa-me fazer parte do teu planeta, do teu mundinho. Deixa-me saber que tu não és único, mas tu és meu. Deixa-me cativar-te, pois me deixo cativar por ti, pra ser sempre tua.








Meu amor. Meu Pequeno Príncipe.




.

Nenhum comentário:

Postar um comentário