sábado, 18 de setembro de 2010

Pare de se fazer de idiota

O mundo não gira, nem nunca vai girar ao seu redor. Não tente bancar o coitadinho, parece que ninguém aqui além de mim está preocupado com isso. Será que você não percebe o papel ridículo que está fazendo? Será que não vê, que fugir assim não vai adiantar nada, e que uma hora você vai ter que me encarar? Por quê você acha que eu estou correndo atrás? Cadê aquele cara que sempre tinha razão, e não tinha medo de encarar a realidade? Eu não preciso esfregar isso na sua cara, pra que você saiba o quão decepcionada eu estou. Mas essa foi a única forma que eu encontrei.




Pronto, falei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário