sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Cabeça vazia. Dia cheio.

Eu queria tanto saber escrever sobre todas as aflições do mundo. Eu queria tanto poder listas sentimento por sentimento, ação por ação. Saber dizer ao certo, o porquê das coisas. Saber dizer por exemplo, porque é em certos momentos, em que eu devia falar o que quero, o que penso e ser espontânea como sempre, eu me calo. Eu simplesmente aceito as condições sem abrir a boca, mesmo que me desagrade. Eu queria saber, porque é que em certos momentos, ou na maioria deles, eu me sinto sozinha, como se o mundo a minha volta não existisse, e a única pessoa que pode me tirar desta solidão, não está tão perto quanto eu queria. Querer nunca levou ninguém a lugar algum, agora eu preciso agir.




"Nothing that’s worthwhile is ever easy. Remember that." Nicholas Sparks

Nenhum comentário:

Postar um comentário